Como tirar a Carteira de Motorista Canadense


Oi pessoal,


Image result for drive test canadaDiferente do Brasil que a CNH é nacional e tem apenas uma código de trânsito para o país inteiro, no Canadá cada província tem sua Carteira de Motorista e leis pertinentes as elas. Eu vou falar sobre a província de Ontário, que é onde moro. A nossa carteira de motorista brasileira é válida aqui no Canadá com uma regra meio confusa, mas resumindo são 60 dias para residentes permanentes e 90 dias para turistas. Então se você está planejando uma viagem só a carteira simples (não precisa ser a internacional) é válida aqui.
As regras para conseguir a Carteira de Motorista aqui são diferentes e existem também graduações que você vai conquistando aos poucos. Vou simplificar rsrs


Graduações



Existem 3 níveis: G1  -   G2   -   G


G1


É a primeira carteira que você consegue depois de fazer um teste teórico. Igual no Brasil, tem um livro com as leis de trânsito e sinalizações e você precisa estudar para fazer a prova. É possível fazer o download do livro aqui ou comprá-lo nos centros de aplicação ou correios, o valor é CAD $16,00. As leis de trânsito aqui são um pouco diferentes então tem que estudar mesmo o livro!!! 

O teste consite em 20 questões de cada tema (leis de trânsito e sinalização) e você pode errar apenas 4 de cada. Não é necessário marcar um horário para fazer o teste, apenas comparecer em um Drivertest Centre com os documentos de identificação, pagar uma taxa de CAD $ 105,75 para estrangeiros e eles vão fazer umas perguntas, tirar uma foto,  fazer um teste de visão e depois te encaminham para uma sala onde o teste é aplicado. O teste é feito no computador e o resultado sai na hora. 

Se for aprovado, você já sai com um papel que substitui sua Carteira G1 até ela chegar pelo correios.

A G1 te dá direito a dirigir com alguém que tenha a carteira nível G do lado, não pode dirigir em rodovias de trânsito rápido e nem no período de 00h as 5h, não pode ter álcool no sangue e aqui você pode ter essa carteira quando completa 16 anos.


G2


Para conseguir esse nível, você precisa fazer um teste prático. Para quem tem 16 anos, pode fazer um curso de direção defensiva e pegar aulas práticas com instrutores credenciados e depois de 8 meses com a G1 é possível fazer o teste prático. Para quem já tem experiência de no mínimo 2 anos comprovada, pode marcar o teste no mesmo dia em que for aprovado na G1.

O teste prático é apenas dentro da cidade e você é avaliado numa lista de requisitos. Pode-se cometer alguns erros leves (acho que são até 4 erros ), com esquecer de checar o ponto cego, mas não pode quebrar nenhuma lei, como não parar completamente quando tem uma placa de PARE.

Com a G2 você não precisa de estar acompanhado e pode dirigir em qualquer horário. Mas ainda não pode ter álcool no sangue e pode ter a carteira suspensa com 9 pontos.


G


Esse é o último nível, e o teste é um pouco mais complicado. Você pode cometer menos erros que no teste para a G2 e também é avaliado dirigindo em uma rodovia. O teste dura em média 30 minutos.

Com esse tipo de carteira, você pode ter até 0,08% de álcool no sangue e pode receber suspensão se fizer acima de 15 pontos. 


DICAS


- Para quem tem experiência no Brasil acima de 2 anos, pode ir no Consulado Brasileiro com a CNH original e cópia, passaporte original e cópia e a consulta de pontos do Detran de onde sua Carteira foi emitida, pagar uma taxa (tem que ser cheque administrativo ou cartão de débito) eles vão emitir um documento atestando sua experiência no Brasil. Demora uns dias ficar pronto mas você pode deixar um envelope já com selo pago que eles enviam para o seu endereço

- Com esse comprovante de experiência, você não precisa fazer a G2 primeiro, pode tentar fazer direto o teste prático da G. Eu não aconselho e não ouvi nenhuma história de quem tentou fazer isso e passou. E se você não passar, tem que fazer a G2 não pode fazer a G novamente.

- Como no Brasil, fazer o teste em cidades menores é mais aconselhável. O trânsito aqui é muito intenso e existem leis diferentes do Brasil, então quanto menos trânsito para lidar, melhor.

- Faça algumas aulas com instrutores daqui. Não é obrigatório, mas é bom para conhecer melhor as particularidades do trânsito na prática.

Nossa experiência



Quer saber como foi nossa experiência? Tentei registrar ao máximo o passo a passo desse processo. Esperam que curtam!!









Beijos!



Mylla Amancio


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Metas 2018

Nossa árvore de natal

Sobre a onda de frio no Canadá...