Como conseguimos vir para o Canadá - Parte 3

Oi Pessoal,

Vamos para a parte final. Em dezembro/2016 a empresa recebeu o LMIA, mas essa era a etapa  da empresa. Agora tínhamos que provar para o governo do Canadá que o Léo tinha todos os requisitos necessário para assumir a vaga na empresa. A primeira coisa que fizemos, foi contratar a mesma advogada que fez o processo da empresa. Todo processo pode ser feito sem advogados ou consultores, mas depois de tanto esperar, não queríamos que nada desse errado, então foi simples pra nós decidir contratá-la.

Em Janeiro/2017 tivemos nossa primeira reunião via skype e estávamos com uma lista imensa de documentos que precisávamos providenciar. Nosso processo seria enviado para a embaixada em São Paulo, portanto não foi necessário traduzir nenhum documento (menos um custo). 

Precisamos enviar tudo que comprovasse a experiência do Léo e um dos documentos solicitados, foram cartas (10 cartas) de fazendas em que o Léo já tivesse prestado serviço. Então ele precisou ir nas fazendas, solicitar a cartas (e eles que precisavam fazer, não podia ser um modelo pronto), com todas as informações do proprietário e da fazenda e assinatura. Scaneamos tudo, enviamos para o escritório da consultora, pagamos a taxa para o governo do Canadá e em 12/04/2017 demos entrada no nosso processo. Agora era esperar um período previsto de 11 semanas (pelo menos não eram 12 rsrs)



Recebemos a solicitação de exames em 01/06/2017. Como assim exames neh?! Para esse processo, precisamos fazer alguns exames com um médico credenciado pelo Canadá. Em Goiânia não tinha nenhum médico credenciado, então olhamos em Belo Horizonte e Brasília, que eram as cidades mais próximas pra nós, Achamos 2 médicos credenciados em cada cidade, e coincidência ou não, os médicos de BH eram da mesma família, e os de Brasília também. Nos pareceu quase uma máfia isso, mas não tinha jeito e fugir então decidimos ir em Brasília que era mais perto e podiamos ir e voltar no mesmo dia.

Marcamos a consulta para nós 3 (R$ 400,00 para cada pessoa) e eu e o Léo precisamos fazer alguns exames de sangue, urina e raio X do tórax. Coincidência ou não (mais uma vez), as clínicas também precisavam ser credenciadas, e para você pegar os resultados no mesmo dia, era mais caro. Todos os exames foram mais ou menos R$ 300,00. O próprio médico registra tudo no site e no dia 9/6/2017 nossos exames foram aprovados.

Depois de mais uns dias de espera, recebemos a solicitação de envio dos passaportes dia 14/6. Como o passaporte do Noah venceria no final do ano e o meu no próximo ano, resolvemos refazer nossos passaportes. Tentando economizar mais um pouco, resolvemos deixar nossos passaportes no escritório em Brasília. Fomos no dia 27/6, entregamos diretamente no escritório e eles enviariam para São Paulo. Duas coisas aconteceram muito interessantes nesse dia, a primeira é que já estávamos super confiantes de que tudo tinha dado certo e que agora seria só a impressão do visto, mas o rapaz que nos recebeu no escritório jogou um balde de água fria em nós. Ele disse que a solicitação do passaporte era apenas para finalizar o processo e não significava que já tinha dado certo. Nem a advogada entendeu o porquê dele falar isso, mas enfim, ficamos sem chão!!! A segunda, é que o passaporte seria devolvido em 5 dias úteis se pagássemos um envio via correio, se nossa opção fosse de buscar o passaporte no escritório, não tinha prazo certo pra chegar. Eles nos forçaram a pagar outra taxa, mas o medo de não saber quando iriamos receber o passaporte nos venceu e pagamos pra receber o passaporte em casa.



Recebemos o passaporte do Léo dia 5/7/2016 e dois dias depois o meu e do Noah. Compramos as passagens para dia 28/08, voo direto de São Paulo - Toronto e tivemos um mês e meio para resolver toda nossa vida no Brasil. Vender tudo, o Léo sair do emprego, organizar documentos, desfazer de praticamente tudo para começar uma nova vida!!! 

Em São Paulo esperando o voô para Toronto - 28/08/2017


Foram tantos anos, tantos detalhes que não tem jeito de contar mas uma coisa é fato. Nosso sonho de viver nesse país se realizou mas dependeu de muito trabalho, investimento e perseverança. Não foi fácil e nem tem sido fácil, mas tem valido muito tudo que fizemos pra conseguir chegar até aqui.

Espero que tenham gostado desse enorme relato (tentei resumir, juro!!!) e se quiserem algum detalhe ou tiverem alguma dúvida, deixem nos comentários que respondo ok?!!

Beijos,

Mylla Vasco

ps. a qualidade dos vídeos não é das melhores, mas foi só pra compartilhar um pouco do que vivemos nesses dias.

Comentários

  1. Inspiração de vida ❤. Torcendo todos os dias por vocês e de olho em cada detalhe dessa história.✌

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Metas 2018

Nossa árvore de natal

Sobre a onda de frio no Canadá...